O senador da república Roberto Requião (MDB) sai derrotado das urnas. O emedebista tentou a reeleição e acabou em 3º lugar, atrás de Flávio Arns (REDE) e Oriovisto Guimarães (PODE) respectivamente. A senadora, e agora eleita deputada federal Gleisi Hoffmann (PT) também tinha sido eleita em 2010 para o cargo – hoje, por conta das diretrizes do partido, conseguiu uma cadeira na Câmara Federal.

O quadro para o Senado Federal ficou assim: Álvaro Dias (PODE); Oriovisto Guimarães (PODE) e Flávio Arns (REDE) – do qual também já foi senador da república.

Requião declara

Por volta das 18h, Roberto Requião (MDB) já visava derrota e comentou em sua página oficial no Twitter: “Além das minhas considerações sobre o Ibope, fui derrotado pela minha luta pelo Estado Democrático de Direito; pelo meu rigor contra abusos judiciais e pelo estado democrático. Não visei eleição, más aperfeiçoamento de nosso país. Faria tudo novamente” comenta. Em outro momento, ele declarou: “Impressionante. Manipulação de pesquisa, ataques e calúnias na internet destroem minha carreira nacionalista em 48 horas. Um dos melhores índices eleitorais é pulverizado. Não vou lamentar, más o Brasil precisa conhecer este processo. Guerra hibrida?” finaliza.

Reportagem: Pedro Lima.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.