O presidente nacional do PDT avisou nesta quinta (18/10) que vai pedir a anulação das eleições presidenciais de 2018, que para ele foram distorcidas pelas fake news espalhadas por WhatsApp por meio de pacotes de disparo em massa de mensagens contra o PT e o candidato Fernando Haddad. Tais pacotes têm custo: chega a R$ 12 milhões cada para difusão de milhões de mensagens e estariam sendo financiadas por grandes empresários, como Luciano Hang, dono da rede Havan, segundo denúncia publicada em manchete pelo jornal Folha de S. Paulo.

Lupi está reunido nesta tarde com integrantes de outros partidos e assessores jurídicos para definir o formato de uma ação que deve ser protocolada no TSE e em outras esferas do Judiciário. Segundo ele, “o problema das fake news é muito grave, mas agora a compra do envio em massa de fake news contra o PT foi para um outro patamar. É crime. É abuso do poder econômico. Vamos pedir a nulidade das eleições, isso aí vai dar um oba-oba bom.”

Aliado histórico do PT, o PDT declarou “apoio crítico” à candidatura do petista Fernando Haddad logo após a divulgação do resultado das eleições do dia 7, quando o presidenciável pedetista, Ciro Gomes, amargou o terceiro lugar e ficou de fora da disputa em segundo turno.

Fonte: Contraponto

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.