O deputado federal e senador eleito pelo MDB, Jarbas Vasconcelos, notório crítico do ex-presidente Lula e do PT, decidiu declarar apoio a Fernando Haddad no segundo turno da corrida presidencial. No primeiro turno, Jarbas Vasconcelos pediu votos a Geraldo Alckmin.

‘Apesar de minhas críticas ao PT nos últimos anos, jamais apoiaria Bolsonaro. Não há condições. São caminhos e pensamentos opostos. Ações contraditórias entre mim e ele. Vejo nele um quadro pobre, uma pobreza franciscana. Nao é à toa que o país está perigosamente, senão à beira do abismo, em busca de um caminho mais sólido’, declarou ele ao jornal O Globo.

O apoio de Jarbas Vasconcelos foi comemorado pelos petistas justamente por ter sido um dos mais ferrenhos críticos ao partido nos últimos anos. Humberto Costa falou do apoio em suas redes sociais, pois que foi avisado por Jarbas e, tal como ele, também eleito senador por Pernambuco.

Esse anúncio acontece um dia antes da participação de Haddad em um ato em Pernambuco. Vasconcelos não deve participar, mas Haddad deve ligar para ele agradecendo o apoio.

Jarbas Vasconcelos diz não conhecer Haddad. ‘Ele é uma pessoa de cultura, tem formação e político hábil, em condições de levar esse barco à frente. Há uma carência grande em relação ao quadro político, que não é de hoje. Já vem de alguns anos. Não é uma coisa nova. Ele é uma pessoa que não conheço pessoalmente, mas me parece aberto ao diálogo’, disse ele. (Do GGN)

Fonte: Carta Campinas

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.