O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandeta espera que Jair Bolsonaro tenha tempo na agenda esta semana para que possa lançar o programa “Médicos pelo Brasil”. Esta ação visa suprir as necessidades deixadas desde que o atual governo encerrou o programa Mais Médicos.

Mandeta garante que o novo programa irá atender prioritariamente os municípios que tem maior vunerabilidade social e que haverá uma divisão na classificação dessas cidades em rural, rural remoto, intermediário e urbano.

“É no interior do Brasil que tem mais dificuldade para usar capacete. É no interior que o cigarro chega e a população rural fuma com palha de milho. Como é que eu chego nele, que tem menos acesso a informação? Eu tenho que ter atenção primária”, falou o ministro na semana passada.

No início do seu governo, Bolsonaro ofereceu as vagas deixadas pelos médicos cubanos para profissionais brasileiros. Parte dos postos de trabalho não foram preenchidas e mais de mil médicos brasileiros desistiram de trabalhar no programa. Com isso cidades o interior do país chegaram a ficar sem nenhum médico à disposição da população.

Reportagem do site Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.