O vereador de Almirante Tamandaré, Valtemir Honório ‘Polaco’ acusou o seu colega de casa, Fabio Guerra ‘Ferrugem’, de agressão, ocorrida na tarde de ontem, 5 de setembro. Segundo Polaco, a cena teria ocorrido na sala de direção da Câmara Municipal – onde também haviam funcionários e um outro parlamentar.

Em entrevista dada ao Verdade&Expressão, Polaco afirma que o motivo foi por conta das denúncias realizadas por ele, anteriormente, no Ministério Público do PR – sobre o uso indevido de veículos públicos no âmbito do poder legislativo de Almirante Tamandaré (nº 2.144/2019).

Polaco protocolou hoje, no MP, uma denúncia contra o Ferrugem – que em sua visão configuraria falta de decoro parlamentar, além de 1 boletim de ocorrência.

O outro lado

A equipe de reportagem do Verdade&Expressão entrou em contato com o vereador Ferrugem, e afirma que “não houve nenhuma agressão, eu não sei de onde o povo está arrancando que teve agressão. Estou sem entender de onde tiraram isso”.

Ele fala que o vereador Polaco quer mídia. “Eu acho que o vereador Polaco, como sempre, é apaixonado por mim, eu acho que ele deve estar inventando pra ganhar mídia nas redes sociais, que foi agredido. Deve estar inventando isso pra ganhar mídia, por que ele está apagado né?”.

Ferrugem diz que tudo de errado na cidade (Almirante Tamandaré), é “supostamente” sua culpa. “Quando falam do Ferrugem dá polêmica, tudo que acontece na cidade sou eu, tudo de errado sou eu.

O vereador acusado finaliza dizendo que a comissão de ética da Câmara de Vereadores de Almirante Tamandaré não deverá abrir inquérito pois não aconteceu, em suas palavras, agressão nenhuma.

Reportagem: Pedro Lima.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.