Um grupo de deputados bolsonaristas vão levar à Procuradoria-Geral da República (PGR) nos próximos dias uma denúncia contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). A acusação fala de um suposto “bunker” no Palácio Guanabara feito para investigar a vida de parlamentares e seus familiares.

A tal estrutura, citada tanto por amigos quanto por inimigos do governo, seria ocupado por investigadores, inclusive da Polícia Civil. Dentre os principais alvos, estão aqueles que se alinham com o presidente Jair Bolsonaro, principal desafeto do governador nos últimos tempos.

Alguns deputados, conforme informado pelo Extra, alegam que receberam mensagens de ameaça do próprio Witzel caso a denúncia viesse à tona. Parlamentares buscam uma abertura de investigação pela Polícia Federal.

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.