A Justiça determinou nesta segunda-feira, 16, que a Prefeitura do Rio de Janeiro pare de impedir o acesso de jornalistas do Grupo Globo a eventos abertos à imprensa, A liminar também garante que eles possam formular perguntas em igualdade de direitos com os demais jornalistas.

Em caso de descumprimento da liminar, a juíza Alessandra Cristina Túfesson estabeleceu uma multa de R$ 10 mil.

A juíza destacou ainda em seu despacho que destaca que os “agentes públicos estão sujeitos ao questionamento de suas condutas e ações. E que não há razão para impossibilitar jornalistas de emitirem opiniões sobre pessoas públicas ou sobre a gestão dos agentes”.

Na semana passada, a prefeitura do Rio impediu que profissionais do G1, da TV Globo, do jornal O Globo e da CBN trabalhassem na cobertura de uma entrevista sobre o acordo firmado entre o município e o Ministério da Saúde.

O prefeito Marcelo Crivella já havia barrado o acesso da reportagem do jornal O Globo em entrevista à imprensa sobre o Réveillon duas semanas atrás.

Reportagem do site Catraca Livre.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.