Em entrevista dada ao Jornal da Banda B – 1ª Edição, o deputado estadual e presidente da CCJ na ALEP Fernando Francischini, confirmou sua intenção em ser candidato a prefeito de Curitiba, no pleito deste ano.

Dar uma nova face a prefeitura de Curitiba. Os políticos tradicionais vem se revezando muitos anos na prefeitura, só grupos tradicionais, ex-prefeitos, ex-governadores, é uma pré-candidatura que visa um foco diferente. Até hoje o foco foi o concreto, arquitetura e urbanismo. Isso tá muito bem, a nossa cidade é maravilhosa, é linda, é referência. Meu foco vai ser cuidar das pessoas, quem mora na cidade de Curitiba” diz Francischini.

Aliança pelo Brasil

Sobre a sua permanência no PSL, Francischini declara que onde Bolsonaro estiver, terá o seu total apoio. “Eu já falei e volto afirmar aqui da onde o presidente Jair Bolsonaro estiver, enquanto o ministro Sergio Moro continuar com carta branca pra atuar na área de Segurança Pública vai ter o meu apoio. Não é partido político que vai me tutelar quem eu apoio ou não”.

Em questão da saída dos deputados do PSL, da bancada paranaense na Câmara Federal, Francischini diz ter recebido o pedido de apenas 3 deles, porém, não vê Aliança pelo Brasil como inimigo.

Gestão Greca

Fernando Francischini elogiou o prefeito Rafael Greca, porém, diz ele que é preciso ir mais a frente. “O prefeito atual é um bom zelador da cidade, mas a gente tem que ir a frente, a saúde precisa, o transporte coletivo é um dos mais caros do Brasil, os moradores de rua se proliferam no centro da cidade; são desafios pro prefeito atual e pra quem quer ser candidato” ressalta.

Por fim, o deputado afirma que o governador Ratinho Junior terá a sábia decisão em declarar apoio aos possíveis candidatos em Curitiba – ressaltando que todos aqueles citados por ele (Ratinho Junior), em entrevista a Band News FM no mês passado, são aliados.

Reportagem: Pedro Lima.

Imagem: Banda B.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.