A Secretaria de Segurança Pública emitiu uma nota comunicando o afastamento do PM que bateu e prendeu grávida de 5 meses. A ocorrência aconteceu em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

No texto, é informado que, além do afastamento, foi instaurado um inquérito para a apuração do ocorrido.

Leia a íntegra:

“O comando do 17° Batalhão da Polícia Militar do Interior determinou o imediato afastamento do policial flagrado em desvio de conduta em abordagem a uma mulher grávida que resistiu à prisão durante uma ocorrência de tráfico de drogas nesta terça (4/2) em São José do Rio Preto. A PM já instaurou um inquérito policial militar (IPM) para apurar o ocorrido. A mulher foi encaminhada para exames médicos em uma unidade de saúde local.”

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.