Após amenizar as críticas a políticos em seu programa sensacionalista na Tv Bandeirantes, José Luiz Datena se filiou na manhã desta quarta-feira (4) ao MDB com elogios a Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara, e Jair Bolsonaro, dizendo que “a política nacional está se reerguendo”.

“Repito, eu gosto do presidente [Bolsonaro], ele tem um bom coração, mas o Brasil só será o Brasil quando o presidente, o Congresso, o Supremo [Tribunal Federal], as instituições andarem de braços”, disse, em leve crítica aos ataques do presidente aos outros poderes.

Estiveram no ato, realizado no Congresso Nacional, além do presidente do MDB e líder da bancada, deputado Baleia Rossi (SP), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), o presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (MDB), Rodrigo Maia e o líder do PSL, senador Major Olímpio (SP), entre lideranças do MDB e de outros partidos aliados.

Datena disse, em seu discurso, que “conhecer o Rodrigo foi a melhor coisa que me aconteceu na política nos últimos tempos”. E emendou um discurso demagógico, típico da velha política. “Sei da luta do Rodrigo em um período em que se discute muito a polarização. Esquerda, direita, Centro, a palavra não é essa, essa palavra representa ódio”

Segundo Datena, esse ódio vem sendo representado nas redes sociais, onde “tem gente importante que tem opiniões importantes, mas há radicais que pretendem arranhar todo dia os princípios democráticos da nação”, completou.

Após a filiação, o apresentador se dirigiu a uma sala reservada do partido para entrevistar Rodrigo Maia para o seu programa.

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *