A Presidência da República alterou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Ceará para que a operação termine nesta quarta-feira (4), e não na sexta-feira (6), como estava previsto. A modificação foi publicada no Diário Oficial da Unuião (DOU).

A desmobilização antecipada das Forças Armadas, que atuavam na segurança pública do estado, ocorre após o retorno dos policiais militares ao trabalho. Parte da categoria ficou em greve durante 13 dias, com policiais amotinados em quartéis e batalhões. Eles começaram a voltar ao trabalho na segunda-feira (2), mesmo dia em que foi assinado o acordo que pôs fim à paralisação.

A GLO foi decretada no último dia 20. Inicialmente, vigoraria até o dia 28, mas como parte dos policiais militares continuava parada, pressionando o governo cearense a atender às reivindicações da categoria, o presidente Jair Bolsonaro prorrogou a operação por mais sete dias, até sexta-feira (6), antes de reduzir esse prazo.

Agência Brasil.

Imagem: Reuters.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *