A equipe do presidente da república avaliou como “desastrosa” a participação do humorista Carioca, de personagem “Bolsonabo”, na coletiva da manhã de ontem, 4 de março, em Brasília. É o que informa o jornalista João Batista Jr., da coluna Veja Gente (Revista Veja).

O presidente Jair Bolsonaro, como de costume, fala com a imprensa na porta do Palácio do Alvorada. Porém foi o Carioca quem atendeu os jornalistas ontem. De forma grosseira, “Bolsonabo” distribuiu bananas para os repórteres que cobrem o Alvorada – o que irritou todos e acabaram indo embora, sem nenhum retorno do presidente da república em relação ao baixo resultado do PIB de 2019.

A participação do humorista coincide com a divulgação da nova programação da RecordTV aos domingos. Ele deverá participar do programa Domingo Espetacular. A ideia de participar da coletiva partiu do próprio humorista.

Fenaj e sindicatos repudiam

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal diz, em nota, que a atitude de Bolsonaro é a mais recente de uma série de posturas desrespeitosas e humilhantes por parte do presidente para com os profissionais que cobrem a portaria do Palácio.

O sindicato destaca que o acesso aos governantes é uma prerrogativa essencial ao trabalho dos jornalistas profissionais em sua missão perante a sociedade. Quando o jornalista está diante de uma autoridade, dirige perguntas e pede esclarecimentos a ela, o profissional representa toda a população – que não pode estar presente para fazer tais perguntas e pedidos de esclarecimentos pessoalmente.

A nota diz ainda que ao transformar jornalistas em alvos de chacota, o presidente Jair Bolsonaro desrespeita não somente os profissionais da imprensa, mas também a própria população que ele governa – que depende do trabalho do jornalista para se informar sobre as ações do governo.

O sindicato disse também que colocou seu departamento jurídico à disposição de todos os jornalistas para as medidas legais cabíveis, inclusive para evitar o uso da imagem em situação que possa ridicularizar os trabalhadores.

Reportagem: Pedro Lima.

Imagem: Facebook.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *