O empresário João Amoêdo renunciou nesta quinta-feira (5) à presidência do Novo, partido que presidia desde sua fundação, há quatro anos e meio.

Filiados da legenda foram pegos de surpresa e avisados sobre a saída de Amoêdo da presidência por e-mail. Em seu lugar, assumirá Eduado Ribeiro, ex-presidente do diretório de Santa Catarina.

“Com 4 anos e meio do nosso registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), somos ainda uma instituição jovem, mas que já apresenta resultados relevantes e serve como exemplo de boas práticas na política”, escreveu Amoêdo em carta divulgada no site do partido.

Correligionários informam que a decisão de Amoêdo se deu porque ele quer se dedicar mais à Fundação Brasil Novo, como membro do conselho curador.

Já nos bastidores, de acordo a coluna de Bela Megale, no jornal O Globo, especula-se que o empresário tenha tomado a decisão pois deseja assumir uma postura mais combativa contra o governo de Jair Bolsonaro.

Amoêdo foi candidato à presidência em 2018 e teve 2,5% dos votos.

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *