O presidente Jair Bolsonaro realizou sua live presidencial na noite desta quinta-feira (12) com uma máscara cirúrgica, em razão da suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Na transmissão, feita ao lado do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, e de sua intérprete oficial de libras, Bolsonaro afirmou que ainda não obteve o resultado do exame realizado nesta quinta-feira.

O presidente fez o teste após o chefe da Secom, Fabio Wajngarten, ser diagnosticado com Covid-19. Ele esteve na comitiva presidencial de Bolsonaro nos EUA.

O ex-capitão teria pedido para aliados não o visitarem no Palácio do Alvorada em razão da suspeita de Covid-19.

Além disso, Bolsonaro comentou sobre as manifestações de 15 de março. Em razão do coronavírus ele elencou como opções “adiar por 1 ou 2 meses a manifestação”, mas afirmou que já foi dado um “recado” ao Congresso.

Apesar de dizer que “ainda continua sob suspeita”, o deputado federal Eduardo Bolsonaro disse a aliados que o pai testou negativo.

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *