Guru do clã presidencial, Olavo de Carvalho deu inicio bem a seu estilo à campanha para demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, do governo Jair Bolsonaro.

“Fora, ministro Punhetta”, escreveu em seu facebook na madrugada deste domingo (5), incitando seus doutrinados a pedirem a cabeça do ministro, que tornou-se inimigo de Bolsonaro ao se opor ao do isolamento social pregado pelo presidente por influência do guru.

De seu bunker na Virginia, nos Estados Unidos, criticou a medida do ministro de permitir sepultamentos de mortos pelo cornavírus sem atestado de óbito.

“Isto equivale a autorizar os governantes a matar quem bem lhes pareça e sepultá-lo sem identificação. Nem na Alemanha nazista e na URSS existiu uma lei como essa. Ela é mil vezes mais perigosa do que qualquer Coronavírus.”

Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *