O presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, participou, nesta segunda-feira (7), de solenidade para marcar os 198 anos da Independência do Brasil, em Brasília. Promovido pela Presidência da República, o evento aconteceu em frente ao Palácio da Alvorada, e, por conta da pandemia de covid-19, foi restrito a autoridades convidadas e imprensa, em substituição ao tradicional desfile de 7 de setembro que ocorre anualmente na Esplanada dos Ministérios.

Há um mês, o Ministério da Defesa sugeriu o cancelamento do desfile para comemorar a Independência e desaconselhou Exército, Marinha e Aeronáutica a promoverem festividades que possam gerar aglomerações. O objetivo é evitar os riscos de aumento da disseminação do coronavírus. Mesmo assim, apoiadores do presidente compareceram ao evento. Segundo a Secretaria de Comunicação, 800 pessoas tiveram autorização para assistir à cerimônia.

Bolsonaro chegou à festividade no carro presidencial, acompanhado de crianças. Não houve pronunciamentos. A programação especial teve hasteamento da Bandeira do Brasil, execução do Hino Nacional, desfile do Batalhão da Guarda Presidencial e uma breve apresentação da Esquadrilha da Fumaça, em que 12 aeronaves da Força Aérea realizaram manobras. Depois do nome Brasil, a esquadrilha desenhou um coração nos céus da capital federal.

Além de Davi Alcolumbre e Jair Bolsonaro, participaram da solenidade o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ministros de Estado e chefes das Forças Armadas. Logo após a celebração, autoridades se reuniram no Alvorada, onde o presidente da República ofereceu um coquetel.

Agência Senado.

Imagem: Marcos Brandão.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.