A Rede Sustentabilidade busca emplacar a ex-ministra Marina Silva como candidata à Câmara dos Deputados nas eleições de outubro. O partido enxerga na ativista, que já concorreu três vezes à presidência, a possibilidade de fortalecer a legenda em busca da superação da cláusula de barreira.

Segundo reportagem da jornalista Bianca Gomes, em O Globo, Marina foi convidada por dirigentes da Rede a tentar uma vaga na Câmara pelo estado de São Paulo. Atualmente, o partido só possui uma representante na Câmara, a deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR).

“A candidatura da Marina é uma vontade de todo o partido”, disse Mockus ao jornal. O dirigente afirmou que a candidatura seria importante para o partido tentar superar a cláusula de barreira.

A Rede estuda a criação de um federação partidária com o PSOL. Além disso, o ex-presidente Lula (PT) busca incluir a legenda no seu rol de alianças e tenta, inclusive, uma reaproximação com a ex-ministra. Randolfe Rodrigues (Rede-AP), único senador do partido, chegou a ser convidado para integrar a campanha de Lula.

Marina, que é tida como um dos sonhos de Ciro Gomes (PDT) para vice de sua chapa presidencial, ainda não se decidiu se sairá como candidata a deputada.

Reportagem de Lucas Rocha, da Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.