Nesta quarta-feira (22/03), o ministro de Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), pediu demissão através de carta para Michel Temer. Alegando problemas de saúde, o chanceler precisaria de no mínimo quatro meses para sua recuperação. Seu trabalho exige viagens internacionais e isso lhe desgastaria ainda mais.
Ao final da carta, Serra agradece por ter feito parte da equipe e diz também que vai continuar desenvolvendo seu trabalho de Senador.

Confira a carta abaixo:

JOSÉ SERRA

Ministro de Estado das Relações Exteriores

Brasília, 22 de fevereiro de 2017

Excelentíssimo Senhor

Michel Temer

Presidente da República Federativa do Brasil

Senhor Presidente

Pela presente, venho solicitar minha exoneração do cargo de Ministro das Relações Exteriores.

Faço-o com tristeza, mas em razão de problemas de saúde que são do conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de Chanceler. Isto sem mencionar as dificuldades para o trabalho do dia a dia. Segundo os médicos, o tempo para restabelecimento adequado é de pelo menos quatro meses.

Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática do Brasil.

 

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.