Herman Benjamin, ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apresentou aos demais ministros da Corte o complemento do relatório final do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que venceu as eleições de 2014. Agora começa um prazo de 48 horas para que o Ministério Público Eleitoral se manifeste sobre a ação, que foi proposta pelo PSDB em 2014.
O julgamento foi interrompido no dia 4 de abril, quando foi aceito o prazo solicitado pela defesa da ex-presidenta Dilma Rousseff. Nesta semana, Dilma e o presidente Michel Temer apresentaram suas alegações finais ao processo.

Foto: Joel Rodrigues

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.