Além do presidente Michel Temer e do senador Aécio Neves, a delação da JBS também envolve os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
Joesley Batista, dono da JBS, disse que transferiu para contas no exterior US$ 70 milhões destinados a Lula e mais US$ 80 milhões na conta de Dilma, também no exterior.
Os montantes teriam sido enviados por meio do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.