Nesta quarta-feira (14/06) o Senado comunicou o Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu o salário e o carro oficial do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) desde o dia 18 de maio, data em que a Corte determinou o afastamento do parlamentar do mandato.
As informações foram enviadas por ofício pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), ao ministro Marco Aurélio, relator do recurso de afastamento de Aécio no Supremo.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.