Em meio a discursos e troca de farpas entre senadores da oposição e aliados de Temer, o relatório da reforma trabalhista foi rejeitado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado por 10 votos a 9.
A sessão começou pouco antes das 10h30, nesta terça-feira (20/06), e a votação ocorreu horas depois.
Apesar de o texto do governo ter sido rejeitado na Comissão de Assuntos Sociais, a reforma trabalhista ainda vai passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, por fim, pelo plenário do Senado.

Foto: Marcos Oliveira

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.