Por decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira, o ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, foi preso nesta segunda-feira (03/07), na Bahia.
O ex-ministro foi acusado de agir para atrapalhar investigações da Operação Cui Bono, que apura fraudes na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal. Na época Geddel era vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa. O Ministério Público Federal (MPF) argumenta que ele tentou garantir que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o doleiro Lúcio Funaro recebessem vantagens indevidas para não fazer delação.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.