A oposição de Rafael Greca foi ao Ministério Público de Contas pedir fiscalização na lei que permite que postos de saúde e creches de Curitiba sejam comandadas pela iniciativa privada.
Os vereadores pedem que irregularidades sejam combatidas, pois disseram ter ouvido que esse tipo de terceirização, via organizações sociais, é meramente uma forma de burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.