Foi aprovado nesta terça-feira (19/09), em primeira discussão, o projeto que propõe a criação de um fundo de previdência complementar aos servidores municipais, o CuritibaPrev, que limita o valor máximo da aposentadoria de futuros servidores municipais, para até R$ 5.531 por mês.
Se aprovado o projeto, o servidor que desejar receber acima do valor máximo estipulado terá que contribuir com o CuritibaPrev ou com um fundo de previdência privada.
Durante a sessão, servidores protestaram em frente à Câmara colocando, na escadaria, sacos de lixo com fotos de vereadores favoráveis à proposta do CuritibaPrev e também ao projeto que aprovou a cobrança da taxa de lixo separada do IPTU.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.