Durante interrogatório, a senadora pelo Paraná e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, se irritou com uma pergunta do representante do Ministério Público Federal (MPF). “Vocês estão criminalizando a política no Brasil. O que nós vamos ter no lugar?”, protestou ela, ao ser questionada pelo investigador sobre nomeações para cargos do governo federal.
Não foi o único momento tenso da audiência, que durou cerca de 50 minutos. Alegando ter sido ouvida sobre o caso somente uma única vez, e ainda durante o inquérito policial, Gleisi fez uma espécie de desabafo durante o interrogatório, conduzido no final de agosto por Paulo Marcos Farias, um dos juízes auxiliares do ministro do STF Edson Fachin, relator da Lava Jato. “A senhora não pode fazer um discurso político”, reclamou Farias.

Assista a trechos do depoimento da senadora logo abaixo:

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.