Ao tomar posse como presidente do PSDB do Paraná, neste fim de semana, Beto Richa insinuou que um dos fatores a ser levado em conta na hora de decidir se será ou não candidato em 2018 é dar palanque para o candidato tucano à Presidência.
Richa é partidário da candidatura do governador paulista, Geraldo Alckmin, que vem ganhando terreno no PSDB nacional contra o prefeito de São Paulo, João Doria; o senador José Serra também deseja ser candidato, mas não tem sido levado muito a sério.
“Vamos decidir juntos [sobre uma possível candidatura]. Não vou deixar vocês sem resposta”, disse Beto, respondendo a militantes com cartazes que pediam sua candidatura ao Senado.
Beto Richa tem evitado falar se vai ser candidato no ano que vem. Para disputar a eleição ao Senado, precisaria deixar o governo no início de abril.
A indicação de que quer dar palanque ao PSDB, porém, mostra que Beto está cada vez mais próximo de se decidir por disputar a eleição.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.