O ostracismo e o esquecimento político não têm feito bem a dois ex-deputados bolsonaristas cassados que, outrora, inflamavam seus seguidores com discursos reacionários e conseguiam milhares de votos. O paranaense Emerson Petriv, o Boca Aberta, que foi parlamentar federal, e o paulista Arthur do Val, o Mamãe Falei, estadual por São Paulo, no fundo do poço da política após perderem seus mandatos, protagonizaram uma cena de pancadaria no meio da rua, em Londrina, no Paraná, na tarde desta quarta-feira (29).

Com sua cada vez mais minguada trupe do MBL, Mamãe Falei foi para a porta do comitê do filho de Boca Aberta, o deputado estadual Boca Aberta Junior, e da vereadora Mara Boca Aberta, ambos do PROS, de onde o ex-legislador gritava “Mamãe Caguei” em alto e bom som, provocando o homólogo paulista. Depois de um desentendimento com o chefe do clã, Mamãe Falei acabou apanhando dos correligionários do ex-parlamentar paranaense.

As imagens mostram Arthur do Val levando uma rasteira, dado por um homem que acompanhava Boca Aberta, e caindo de costas no asfalto. Depois, seguidores do paulista também entraram na briga agredindo os paranaenses, dando início a uma sessão de agressões generalizadas. Um verdadeiro papelão.

Reportagem de Henrique Rodrigues, da Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.