A proposta de não repassar recursos do fundo partidário para a campanha ao Senado do deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ) foi do candidato ao Senado por São Paulo, Márcio França (PSB-SP).

A ideia do ex-governador de São Paulo foi apresentada apenas à imprensa e a alguns integrantes do partido. Um membro da executiva do PSB afirmou à Fórum que a retirada de recursos da candidatura de Molon, inclusive, não foi discutida pela legenda.

A medida seria uma maneira para forçar que o parlamentar, que é presidente estadual do PSB, desista de sua candidatura ao Senado.

França tenta emplacar sua proposta porque a manutenção da candidatura de Molon quebra o acordo feito com o PT para a aliança com o deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ), pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro. Pelo acordo, a chapa de Freixo contaria com André Ceciliano (PT-RJ), presidente da Assembleia Legislativa do estado (Alerj), como candidato ao Senado. 

Reportagem de Lucas Vasques, da Revista Fórum.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.