Foi solicitado pela prefeitura de Curitiba, a desocupação de todas as lojas da rede Leve Curitiba, para uma remodelagem no programa que vende souvenirs da capital paranaense e artigos produzidos por artesãos da cidade.
A prefeitura ainda mantém suspense sobre o futuro da rede. Por meio de nota, a administração informou apenas que “o novo uso [da Leve Curitiba] está em estudo e deve atender a atividades de interesse público”.
Hoje, a Leve Curitiba mantém seis unidades abertas: um quiosque no Aeroporto Afonso Pena; outras quatro lojas em espaços públicos (no Parque Barigui, no Parque Tanguá, no Jardim Botânico e no Mercado Municipal); e uma na Torre Panorâmica. Em agosto, Greca já havia fechado três lojas, sob alegação de que elas operavam no vermelho.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.