Alvo da Lava Jato, o ex-presidente e atual senador por Alagoas, Fernando Collor de Mello (PTC), anunciou em entrevista à uma rádio, nesta sexta-feira (19/01), que é pré-candidato à Presidência da República em 2018, 25 anos depois de ser alvo de um impeachment que cassou o seu mandato..
“Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o país. Meu partido todos conhecem, sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida”, disse.
De acordo com o senador, o assunto será tratado na convenção do Partido Trabalhista Cristão (PTC), antigo PRN, pelo qual se lançou candidato em 1989.

Foto: Valter Campanato

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *