O deputado estadual Missionário Ricardo Arruda saiu em defesa do atirador que alojou uma bala no pescoço de um militante no acampamento Marisa Letícia, no Santa Cândida. Para o deputado, o que acontece é que “as pessoas de bem” não aguentam mais o acampamento dos defensores de Lula.
Em vídeo postado nas redes sociais, Arruda, que é do mesmo partido de Jair Bolsonaro, o PSL, afirma que “ninguém apoia” que as pessoas saiam atirando umas nas outras. “Porém o cidadão de bem não aguenta mais ser atacado e reprimido por essa cambada de vagabundo que se alojou naquele local.”

Fonte: Gazeta do Povo

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.