A sessão desta terça-feira (11/07) que tem como única pauta a votação da reforma trabalhista, foi suspensa pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), após as senadoras oposicionistas, Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN) e Regina Sousa (PT-PI) ocuparem a mesa do plenário, onde fica a cadeira do senador, e se recusarem a deixar o local.
Cerca de cinco minutos depois da suspensão, as luzes no plenário foram parcialmente apagadas. A assessoria de Eunício não disse de quem partiu a ordem para desligar as luzes. A oposição diz que a ordem partiu do presidente da Casa.

guazelli

Todos Posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.